NOSSA

história

JNO

A NOSSA HISTÓRIA

O crescimento da Igreja de Deus deve-se, em grande parte, à fidelidade de mulheres que, motivadas por seu amor a Cristo, têm contribuído sem reservas com os seus bens materiais, seu tempo e seus talentos para ajudar àqueles que levam a mensagem do evangelho ao redor desse mundo.
Desde o início, grupos de mulheres têm trabalhado nas igrejas locais usando nomes como: “Círculo Dorcas” “Círculo de Oração”, “Damas Auxiliares” e outros, mas podemos agradecer a uma irmã, em particular, pela visão e labor que resultaram na organização oficial do trabalho e, consequentemente, na sua expansão pelos Estados Unidos (EUA) e depois pelo mundo a fora.

Like a Mighty Army- o Livro conta a história da Igreja de Deus, nos EUA.

Durante a década de 1920 a Sra. Jonnie Belle Wood, esposa do Supervisor do Texas decidiu que ela e mais 16 mulheres poderiam fazer algo para ajudar a sua igreja local em Electra, no Texas. Fizeram e venderam colchas, para comprar um piano novo para a igreja. Assim nasceu “Ladies Willing Workers Band” (Grupo de Mulheres Trabalhadoras Voluntárias).

O Dr. Charles W. Conn escreve em seu livro histórico: Like A Mighty Army (Como um exército Poderoso, imagem em destaque), que “A senhora S. J. Wood, esposa do Supervisor do estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, é reconhecida como a fundadora principal de grupos locais e finalmente da organização do departamento das mulheres na Igreja de Deus”.

Jonnie Belle Wood
irmã Jonnie Belle Wood

Depois de ver o grande interesse no trabalho que a irmã Wood iniciara, mesmo além das fronteiras do seu próprio estado, a Assembleia Geral de 1936 aceitou a recomendação de se criar as “Trabalhadoras Voluntárias” como um departamento auxiliar da igreja.

Antigo Mapa do  estado do Texas-US

Na edição de 9 de novembro de 1949 do The Evangel (O Evangelho), a senhora Wood explica como o trabalho nasceu na pequena cidade de Electra, Texas – EUA e depois como se espalhou para outros lugares. Ela disse: “Na Assembleia Geral de 1929, meu esposo foi nomeado Supervisor do Estado do Texas. Logo, consegui organizar uma sociedade de senhoras em cada igreja local. Comecei a receber cartas de esposas de supervisores de outros estados pedindo informações sobre como organizar grupos iguais. A partir daí, o trabalho começou a crescer e se espalhar pelos Estados Unidos”.

Missionária Mathilda Paulsen

No Brasil, mesmo antes do trabalho das mulheres ser organizado oficialmente como um departamento, várias irmãs levantaram congregações e contribuíram para o crescimento efetivo de suas igrejas, dedicando os seus dons e recursos para pregar o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.

Uma irmã, em especial, nos deu um exemplo fantástico, deixando um legado maravilhoso, a Missionária Mathilda Paulsen que sempre foi e continua sendo uma inspiração que convoca a todas nós, mulheres da Igreja de Deus no Brasil, a uma maior dedicação e compromisso com a Obra do Senhor. A irmã Mathilda foi a fundadora da Igreja Calvário Pentecostal que em 1955 uniu-se a Igreja de Deus.

Irmã Benedita Santana

No que concerne especificamente ao trabalho das mulheres, a fundadora do primeiro departamento em uma igreja local foi a Irmã Benedita dos Santos Santana (irmã Neném) da Igreja de Deus no Brasil em Nova Vila/Goiânia, no dia 26 de Agosto do ano de 1956. Um dado interessante é que, em decorrência do número limitado de pessoas que estavam habilitadas a compor a primeira diretoria do novo departamento, um homem foi nomeado para assumir a função de secretário. A primeira diretoria de departamento de mulheres foi assim composta: Presidente: Onilda Rosa Marques, Vice-Presidente: Ana Maria Morais (Irmã Nenzica), Secretário: Valdenor Marques, Tesoureira: Lourença Gonçalves (LOLÔ). O pastor que consagrou esta primeira diretoria foi o saudoso Aristoclides Santana.

Em âmbito nacional, o Departamento das Trabalhadoras Voluntárias foi criado

na 2ª Assembleia Nacional de Ministros, realizada em Teresópolis em julho de 1979.

Em documento oficial não há registro do nome da pessoa escolhida

como a primeira Diretora Nacional.

fa056dd98ee401d9fdb3b11f060c4426
Cidade Uberlândia-MG

Em julho de 1983 em Uberlândia MG, foi nomeada Diretora Nacional das Trabalhadoras Voluntárias, a irmã Rode Watson. Com o seu retorno aos Estados Unidos no ano de 1986, a irmã Maria do Carmo Rodrigues da Silva assumiu interinamente o departamento até que em 1987 a irmã Ivonete de Sousa Soares foi nomeada como diretora Nacional do Ministério Feminino. Consta-se que o departamento adotou o nome de “Ministério Feminino” a partir de 1986, contudo não há registro oficial.

Sete lagoas
Cidade de Sete Lagoas-MG

Em abril de 1990, na 7ª Assembleia Nacional de Ministros, foi nomeada como Diretora Nacional do Ministério Feminino, a irmã Maria Almerinda Pereira de Sousa que ocupou a função até março de 1996, ocasião em que a irmã Nilza dos Reis foi nomeada Diretora Nacional do Ministério Feminino em assembleia realizada em Sete Lagoas.

Consta-se que em 1994, numa uma Convenção Nacional, foi aprovado e oficializado o pedido feito pela Irmã Estela Pereira dos Santos (Diretora Regional do Ministério Feminino – Região Centro Oeste) aos Pastores e ao Reverendo Davi Rodrigues da Silva (na época, Supervisor Nacional da Igreja de Deus no Brasil), para que o dia 26 de Agosto fosse instituído como dia nacional do Ministério Feminino.

ruas-antigua-guatemala
Guatemala

Em abril de 2013, em reunião realizada na Guatemala, o CEN autorizou e aprovou a mudança do nome do departamento de Ministério Feminino para Ministério da Mulher e, ainda, que o Dia Nacional do Ministério da Mulher deixe de ser 26 de agosto para ser no dia 20 de abril que passa a ser denominado “Dia Nacional do Ministério da Mulher”.

6ad22068d82cfecd7f342ee3f7b4d66a
Atualmente o Ministério da Mulher tem abrangência nacional

Em termos organizacionais, atualmente, a Igreja de Deus no Brasil está dividida em 6 (seis) regiões administrativas, e o Ministério da Mulher estabelecido enquanto departamento em todas elas. Assim, atua praticamente em todas as igrejas nas mais
diferentes localidades desse vasto país. Desse modo, a diretoria nacional do Ministério da Mulher é composta pela diretora nacional, seis líderes regionais e pelas assessoras escolhidas pela diretora nacional.

unnamed

Hoje, o Ministério da Mulher continua sendo uma grande força em nossas igrejas locais. As mulheres de nossa denominação estão desenvolvendo as mais variadas atividades em diversas áreas, tais como: espiritual, social, evangelística, missionária, educacional, etc., e continuam contribuindo para o crescimento de nossa igreja e principalmente para a promoção dos valores do Reino de Deus aqui em nosso país.

Às irmãs que atuaram no passado o nosso amor, reconhecimento e gratidão por tornarem-se grandes heroínas da Igreja de Deus no Brasil, por legarem-nos tão rica herança e por erguerem um alicerce firme onde nós, mulheres do presente, podemos continuar edificando para a Glória de Deus.

IMG-20200521-WA0080
 Jacivânia dos Santos Silva

 Em Janeiro de 2007, Sônia Maria Barbosa Ribeiro, assumiu a direção do departamento, tendo sua nomeação homologada pelo Conselho Nacional Executivo (CEN) em março de 2007 e ocupou o cargo até dezembro de 2014. Em janeiro de 2015, Vera Lúcia Rocha de Melo assume a diretoria do Ministério da Mulher e ocupa o cargo até dezembro de 2018. Atualmente, exerce a função de diretora, Jacivânia dos Santos Silva.